Quem já tem um imóvel quitado, pode financiar outro?

Se essa é a sua dúvida, então este post é para você! Afinal, mesmo para quem já realizou o sonho de ter a casa própria, adquirir outro imóvel seja ele para ter uma segunda fonte de renda, ou para lazer é sempre um boa opção de investimento.

Desde que o primeiro imóvel esteja totalmente quitado, você pode sim, financiar um segundo imóvel. Porém, existem algumas ressalvas que precisam ser levadas em conta, assim como é importante fazer um planejamento antes de assumir a dívida desse novo financiamento.

01 (4)
imagem: Shutterstock

Continuar lendo “Quem já tem um imóvel quitado, pode financiar outro?”

Anúncios

Como funciona na pratica o financiamento para reforma de imóveis?

O financiamento pode ser usado não apenas para a compra da casa própria, mas também para a reforma do imóvel. O benefício pouco conhecido e é voltado para pessoas físicas e válido somente para imóveis residenciais, ou seja casas e apartamentos. Outro ponto é que o dinheiro do financiamento pode ser usado para qualquer reforma que o imóvel precise e suas regras são bastante semelhantes com as adotadas para o crédito de construções.

Uma das vantagens de se recorrer ao financiamento para reformar um imóvel é que ele cobre todos os custos da obra. Desse modo você pode usar a sua reserva pessoal para financiar outros itens para casa, como os móveis, por exemplo.

01 (10)
imagem: Shutterstock

As exigências são menores do que para financiar o imóvel em si. No caso você pode ter outro imóvel em seu nome, desde que ele não seja financiado. A casa ou apartamento tem que estar no nome da pessoa que está solicitando o financiamento, e claro a pessoa não pode ter nenhum outro tipo de financiamento em seu nome.

Outro ponto importante é que toda a documentação do imóvel precisa estar em dia e o proprietário também precisa ter o crédito aprovado, além de ser maior de 18 anos, brasileiro de nascimento, naturalizado ou se for estrangeiro, deve apresentar o visto de permanência no país.

01 (9)
imagem: Shutterstock

Lembre-se que é importante contratar também uma apólice de seguro contra Danos Físicos do Imóvel (DFI) e uma por Morte e Invalidez Permanente (MIP). Procure também uma instituição financeira e solicite uma simulação do financiamento, dessa forma você consegue ter uma boa noção de como será o fluxo de pagamento.

Depois de todas essas etapas concluídas e todos os documentos necessários (RG, CPF, comprovante de renda, certidão de casamento, comprovante de residência e a documentação do imóvel que será reformado certidões negativas e o registro do imóvel), para apresentar ao banco. Após isso, é só preencher o cadastro da instituição financeira e aguardar. As instituições levam em média um prazo de 30 dias para autorizar ou não um financiamento.


AE Patrimônio | O Jeito Certo de Escolher  Imóvel.

Mitos e verdades sobre um imóvel financiado.

Se tem um assunto que sempre gera dúvidas é o financiamento imobiliário. É só jogar o termo na internet que encontramos vários sites falando sobre o assunto, e com tanta informação às vezes fica difícil filtrar o que é de fato válido ou não.

Por isso, no post de hoje vamos tentar acabar com todas as suas dúvidas sobre o assunto, ao mesmo tempo em que desvendamos os mitos e verdades do financiamento imobiliário.

01 (2)
imagem: Shutterstock

Continuar lendo “Mitos e verdades sobre um imóvel financiado.”

O que esperar do Mercado Imobiliário em 2018.

Em 2017 especialmente no último trimestre, o mercado imobiliário começou a sentir uma melhora e essa tendência segundo os especialistas vai ser manter agora em 2018. A prova disso é que ano já começa com uma ótima notícia para o mercado.

A Caixa Econômica Federal anunciou a reabertura da linha habitacional Pró-cotista, destinada aos trabalhadores que têm conta no FGTS. Outra notícia divulgada e que chega em boa hora é que banco também elevou o limite máximo de financiamento de 50% para 70% para imóveis usados.

01
imagem: Shutterstock

Continuar lendo “O que esperar do Mercado Imobiliário em 2018.”

Alugar ou Financiar, eis a questão.

Sempre que se pensa em sair da casa dos pais seja para morar sozinho ou para começar a vida a dois, a mente é inundada de possibilidades e claro dúvidas. Entre as principais dúvidas que surge na hora de dar esse passo tão importante é: melhor um aluguel ou um financiamento?

01-1
imagem: Shutterstock

Por isso se esse for seu caso, preparamos dicas especiais para decidir qual é a o melhor negócio para você.

Continuar lendo “Alugar ou Financiar, eis a questão.”

Como funciona o financiamento para reforma de imóveis?

É muito comum recorrer ao financiamento na hora de comprar uma casa ou apartamento, porém o que poucas pessoas sabem é que é possível financia a reformar de um imóvel.  Exclusivo para reforma de imóveis residenciais, o dinheiro do financiamento pode ser usado para qualquer tipo de reparo.

As regras para financiar a reforma de um imóvel é bem similar ao crédito voltado para as construções e uma das grandes vantagens desse tipo de financiamento é que ele pode cobrir todos dos custos da obra, desde os materiais utilizados, mão de obra e até mesmo móveis.

02
imagem: Shutterstock

Continuar lendo “Como funciona o financiamento para reforma de imóveis?”

Após segunda suspensão, financiamento pró-cotista deve retornar em Julho

A linha de crédito, que já havia sido suspensa em maio, voltou a ser interrompida na metade de junho e deve ser retornar “nos próximos dias” segundo Presidente da Caixa.

A Caixa Econômica Federal suspendeu novamente os novos financiamentos imobiliários da linha pró-cotista no dia 18 de Junho. Essa modalidade já havia sido suspensa em maio, devido à falta de recursos, mas foi retomada alguns dias depois com a liberação de R$ 2,54 bilhões para a linha. Segundo a caixa, o valor liberado já foi contratado, o que levou a nova suspensão da linha.

No dia 29 de Junho, o Presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, afirmou em entrevista  que a linha de crédito “nos próximos dias está voltando”.  Ainda segundo Occhi, a previsão é que haja um aporte adicional de cerca de R$ 2 bilhões para a linha. O Presidente da Caixa informou que a liberação dos recursos está dependendo apenas de um remanejamento de verba no Ministério das Cidades e que acredita que em julho o instrumento poderá ser retomado.

Com exceção do Minha Casa Minha Vida, o pró-cotista é a linha mais barata de crédito habitacional. Essa modalidade de financiamento utiliza recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para o financiamento da casa própria e cobra juros mais baixos de trabalhadores que possuam no mínimo 36 meses de trabalho com carteira assinada.

O financiamento pró-cotista é dirigido para a compra de imóveis novos ou usados de até R$ 950 mil nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, e R$ 800 mil nos demais Estados.


AE Patrimônio | O Jeito Certo de Escolher  Imóvel.